Temporada Vostraz de Teatro

559756_487951141266070_19147046_nA Cia Vostraz de teatro esta de volta aos palco de Mato Grosso para a terceira edição da Temporada Vostraz de teatro.

Em 2016 e Cia Vostraz de teatro completa 5 anos de existencia e pesquisas teatrais promovendo uma temporada com apresentações de seus espetáculos de repertório

Criada no ano de 2011 a jovem companhia de Várzea Grande-MT estabelece sua pesquisa teatral no universo cômico do palhaço brasileiro, na musicalidade e poesia de cultura popular e nas pesquisas de teatro físico;

A temporada acontece de 31 de março a 03 de abril no Sesc Arsenal em Cuiabá-MT.

Informações: 3616 6909 e 9903 6375

Confira a programação

temporada

Sobre os espetáculos

Conversa de Botas e Batidas

conversaO espetáculo “CONVERSA DE BOTAS E BATIDAS” é uma livre criação poética e musical que estimula e incentiva a preservação e divulgação da memória do manifesto cultural matogrossense e brasileiro.

Do siriri a capoeira, do cururu a dança do coco, das emboladas de rima as entoadas, do boi a serra ao boi luzeiro, de Mestre Seu Caetano a Mestre Salustiano, do Centro Oeste ao nordeste brasileiro. Conversa de Botas e Batidas promove o encontro entre ator/contador e plateia através do folclore, religiosidade e identidades culturais brasileiras, que consolidam um significante legado da cultura popular e de seus mestres.

Estrela Maria

cropped-img_4398-21.jpgNo universo das coisas miúdas Joaquim e Juca estão ali por alguns instantes sem serem notados. Observam a tudo e se aventuram na imaginação. Estrela Maria é um mundo curioso como passarinho, peixe, pedra, galinha, árvore, rio, vento, historia sem fim, medo da morte, invenção, inverdade ou ilusão passageira.

Rei de Espadas

cropped-img_9925.jpgComo proposta de um teatro íntimo, concebe-se o teatro de perto, olhos nos olhos, relação contraposta ao cotidiano massificado e mecânico. São sensações a flor da pele em um diálogo sincero e direto. O ator se expande pela cena, transformando plateia em objetos e cenários, revelando seu mais íntimo e subjetivo universo, estreitando a relação ator e plateia que participa da cena, ainda que os mesmos não sejam fisicamente tocados. 

Anúncios

Cuiabanês: A Fábula da Cabaça de Arenga

cabaça.Still007

Cuiabanês a Fábula da Cabaça de Arenga é uma Intervenção realizada pelos atores da Cia Vostraz de teatro.
A palavra, e suas variações linguísticas. A linguagem e o dialeto Cuiabano, suas expressões genuínas de uma tradição viva na oralidade cotidiana dos ribeirinho cuiabanos.
Na trama um herói fictício desbrava as terras do cerrado em busca de aventuras. Quem conta essa história é Bocó e Pongó interpretados pelos atores Maicon d Paula e Daniel Santiago.
Texto e pesquisa de Venicio Bulhões.

Estrela Maria

 

foto Rosano Mauro Junior
foto Rosano Mauro Junior

ESTRELA MARIA

O espetáculo é estruturado a partir da pesquisa corporal e vocal provenientes da revisitação de lembranças dos atores criadores tomando pra si o universo infantil como potencia de criação. Imagens partituras e ações revelam o corpo como fronteira expressivas que se expande, criando espaços cênicos, interseccionando relações entre dança e teatro. Em Estrela Maria Juca e Joaquim estão apenas de passagem nesse universo do instante, sem cronologia, sem ponderamento das ilusões criativas. Estrela Maria pode ser qualquer lugar, de qualquer maneira. Pode ser passarinho, peixe, pedra, galinha, arvores, rio, vento, história sem fim, medo da morte, invenção, invenção, inverdade ou ilusão passageira.Pagina_01_parte externa copy (1) Pagina_02_parte externa copy copy Pagina_02_parte interna copy copy

 

CLIPPING

1451537_551636638252159_1567541374_n AGAZETA

734488_566363616774246_239904888_n

 

FOTOS

Rafael Monteiro
Rafael Monteiro
Rafael Monteiro
Rafael Monteiro
Rafael Monteiro
Rafael Monteiro

VÍDEO

O Circo

o-circo

 

O CIRCO

 O circo, espetáculo de linguagem circense foi criado no ano de 2005. Retomando a magnifica linguagem do palhaço genuíno de circo, a palhaçaria, canções, cores e técnicas.

Os atores Venício Bulhões e Maicon D Paula desenvolveram sua pesquisa de ação cênica a partir do ano de 2004. Convivendo com o Grupo Jaboti-MT (Direção de Djalma Maciel, mestre bonequeiro), a paixão e fascínio pelo ofício do palhaço se estabelece na curiosidade, artífico suficiente para que os então jovens atores se arriscassem em uma pesquisa e experimentação das técnicas compartilhadas pelo experiente Mato Grossense Mestre Bonequeiro e palhaço Djalma Maciel, resultando na criação de um espetáculo de teatro e posteriormente, no objeto de pesquisa acadêmica do então Comunicólogo Venicio Bulhões, que no ano de 2012 movido pela experiencia teatral no circo, apresenta sua pesquisa na Universidade Federal de Mato Grosso propondo uma analise dos personagens cômicos na TV e cinema brasileiro.

Esse espetáculo nasce oficialmente no ano de 2005, encantando platéia e jurados do mais importante festival de teatro da história do teatro Mato Grossense. Consagrado-se melhor espetáculo do festival, e ainda com os prêmios de Melhor Ator (Venicio Bulhões) e Melhor Ator Coadjuvante (Maicon D Paula). “O Circo” nascia sob a perspectiva de uma linguagem poética e simplista, apresentando as personagens cômicas como principal elemento da encenação, em uma retomada a tradição da palhaçaria.

CURRÍCULO

2013-06-21 11.17.22 2013-06-21 11.19.54 2013-06-21 11.20.16 2013-06-21 11.20.41 2013-06-21 11.26.56 2013-06-21 11.27.35 2013-06-21 11.29.36 2013-06-21 11.30.10 2013-06-21 11.30.31 2013-06-21 11.33.11

CLIPPING

Sem título Sem título

FOTOS

Tirilingo1PQAAAHou58mk9Z9lQSUul_9AGujccTaSb_hnssXuATVOIaslTva0Ld2BmvsRrOJj1evfrfzdKVbzQfuJziO_rXG5m-UAm1T1UBS__DI5BIZtLJoLTpCTbMgXJsJt PQAAAERUi_ucUU5o8i1PtKHNa7BUijivT62GTUdc515Ia5629TUlguLjB199DvEgjJrCteBbIahoXuURwf8cdk-Avw8Am1T1UCtCF7a6Bz3h4DmH_N-k8JKJtwLs

O Circo
O Circo

Ator da Cia Vostraz Estuda Teatro no Rio de Janeiro

Cia Vostraz - 2013
Cia Vostraz – 2013

O ator várzea-grandense, Venicio Bulhões, integrante da Cia Vostraz de teatro, foi o primeiro colocado no vestibular de uma das mais prestigiadas e tradicionais escola de atores da América Latina. O ator competiu com outros 800 candidatos de todo o Brasil, que concorreram a 30 vagas oferecidas pela Escola Técnica Federal “Martins Pena”. A instituição completou 100 anos de história em 2012. Foram duas fases de provas, e por fim, o resultado de aprovação em 1º lugar. 

 

Venicio está morando e estudando no Rio de Janeiro desde o dia 15 de fevereiro. Segundo ele, “é uma honra estudar em uma intuição de formação de atores, por onde passaram grandes mestres da TV, teatro e cinema, como a exemplo de Procópio Ferreira, Denise Fraga e José Wilker, que foi diretor da Instituição”.

Venicio Bulhões, 27 anos, nasceu na cidade de Várzea Grande, estudou nas escolas públicas Pedro Gardés e Adalgisa de Barros, se formando comunicólogo com habilitação em Rádio e TV pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Iniciou sua carreira como ator amador em Várzea Grande, apresentando-se em todo o estado de Mato Grosso a partir dos seus 12 anos de idade.

Escola de Teatro Martins Pena-RJ - 2014
Escola de Teatro Martins Pena-RJ – 2014



Grupo Urieu - 2005
Grupo Urieu – 2005

Aos 18 anos, participou de grupos como o “Téspis”, do colégio Salesiano São Gonçalo, e Grupo “Jaboti” de teatro. Em Várzea Grande, integrou o grupo Urieu de teatro e realizou o primeiro festival de teatro de rua da cidade o “Fuzuê” – que teve sua única edição em 2007. Foi premiado melhor ator do Festival Mato-Grossense de teatro em 2004 e 2005 e do Festival Mato-Grossense de Artes, em 2010. E ainda melhor ator do Festival Mato-Grossense FETESG, em 2012.

Participou nos anos de 2009 à 2012 da “Cia Mosaico de teatro”, apresentando-se em mais de 50 cidades do Brasil. Em 2011, integra a Cia Vostraz de teatro, principal Cia de teatro de Várzea Grande, representando o município e o estado em festivais e apresentações pelo país afora

Vostraz e Trupe Tropé de Teatro

 

TRUPE TROPÉ
TRUPE TROPÉ

Companhia de Teatro de Várzea Grande se apresenta no Sesc Arsenal em Cuiabá no mês de Abril A Companhia de Teatro VostraZ do município de Várzea Grande se apresenta no Teatro do Sesc Arsenal em Cuiabá-MTnos dias 16 e 23 do mês de Abril de 2014. No dia 16/04/2014 pelo Projeto Poesias, Versos e Cordas, a Cia apresenta uma montagem baseada na obra Do Moçambicano Mia Couto, “Das prisões de palavras que desprendem e deságuam em outros rios”, um espetáculo que traduz o arquétipo literário extenso e diversificado fiscalizando a cena na construção de uma poética original. Contando com o apoio da Trupe Tropé, e da Fundação Júlio Campos, ambas também do município de Várzea Grande, a montagem agrega variações das artes cênicas como a dança, a expressão corporal, a poesia e a musicalidade, produzida através do uso da água. Segundo o Diretor da Cia Maicon D’Paula, os ensaios tem sido bastante desgastantes, visto que, são 2 (dois) espetáculos com linhas de trabalhos diferentes, um poesia, o outro contação de história, porém, o resultado do trabalho é gratificante,.

TRUPE TROPÉ
TRUPE TROPÉ

O espetáculo será apresentado às 20h no Teatro do Sesc Arsenal, com entrada gratuita. Antes disso, na manhã do mesmo dia, a Companhia se apresenta aos alunos da Escola Estadual Irene Gomes – Várzea Grande-MT, também contemplada pelo Projeto. Já no dia 23/04/2014, a Companhia se apresenta, também no Teatro do Sesc Arsenal, o espetáculo “Conversa de Botas e Batidas”, pelo Projeto Semana Sesc de Leitura e Literatura. O espetáculo é encenação de manifestações de Cultura Popular. Apresentando a simplicidade e grandiosidade das manifestações de histórias criadas, inventadas e contadas. No enredo Cuiabá, Várzea Grande e principalmente Mato Grosso, são partes de uma releitura das conversas de boteco, de frente da casa velha, do pé de manga. A infância e cultura viva nas lembranças dos homens de cabeça “enchapelada”. Na trama os personagens folclóricos Boi a Serra, Minhocão do Pari, e Tuiuiú, são apresentados sob a ótica de muito suspense e mistério, com proposta de interação com o publico que assiste a manipulação direta dessas personagens pelos atores criadores. Toda a história é conduzida por contos criados e inventados em uma homenagem aos mestres de cultura popular mato-grossenses e brasileiros, com muita musica e muita canção realizada ao vivo pelos atores. Conheça o Teatro Várzeagrandense, conheça a Cia VostraZ de Teatro.

TRUPE TROPÉ
TRUPE TROPÉ

Sobre Mia Couto Antônio Emílio Leite Couto nasceu na Beira, em Moçambique, em 1955, e é um dos principais escritores africanos, comparado a Gabriel Garcia Márquez, Guimarães Rosa e Jorge Amado. Seu romance Terra sonâmbula foi considerado um dos dez melhores livros africanos do século XX. Em 1999, o autor recebeu o prêmio Vergílio Ferreira pelo conjunto de sua obra e, em 2007 o prêmio União Latina de Literaturas Românticas. “Quando já não havia outra tinta no mundo o poeta usou do seu próprio sangue. Não dispondo de papel, ele escreveu no próprio corpo. Assim, nasceu a voz, o rio em si mesmo ancorado. Como o sangue: sem voz nem nascente.” (Mia Couto)

Estrela Maria

IMG_2522-2 IMG_2462-2 IMG_2665-2 IMG_2626-2 IMG_2600-2 IMG_2597-2 (1) IMG_2558-2 IMG_4398-2
IMG_4454-2
IMG_4644-2 IMG_4646-2

A Cia vostraz fechou o ano de 2013 com grandes conquistas. A primeira edição da Temporada Vostraz de teatro em Várzea Grande aconteceu no salão nobre da Fundação cultural Julio Campos em Várzea Grande. Foram seis apresentações com a casa cheia. Alunos da rede publica de ensino tiveram seu primeiro contato com as artes cênicas através do espetáculo Estrela Maria da Cia Vostraz de teatro. Um debate cultural aconteceu após as apresentações do espetáculo. Mais de 400 jovens que nunca haviam visitado um teatro, viram de perto o espetáculo e puderam conversar com os atores.

Maicon D paula e Venicio Bulhões estiveram em cartaz na cidade com uma equipe de produtores e tecnicos. Entre eles, a diretora do trabalho Daniela Leite, Francielly Rosolem e Hylare Camila na produção. Iluminação ficou por conta da HIALD na Pessoa de Lorival e Nenê. A fotografia e vídeo a responsabilidade de Rafael Monteiro e Isadora Prata.

O projeto foi patrocinado pela Funarte através do premio Miriam Muniz e E Governo do estado através do PROAC-MT.

TEMPORADA VOSTRAZ 2013

Rafael Monteiro
Rafael Monteiro

Funarte através do Premio Miryam Muniz e Edital de Incentivo a Cultura PROAC patrocinaram a primeira temporada Vostraz de teatro, que aconteceu na Fundação Julio Campos em Várzea Grande-MT.

Foram um total de 06 apresentações com casa cheia e um publico composto de alunos da rede publica de ensino e também de publico escolar que prestigiaram os cinco dias de apresentações do espetáculo Estrela Maria.
A Cia Vostraz de teatro desenvolveu com essa iniciativa um importante e ousado movimento de democratização de arte na Cidade de Várzea Grande, oferecendo um espetáculo de teatro com qualidade técnica contemplado pelo maior premio nacional de teatro do País. Esse feito histórico revela a seriedade com que atores e pesquisadores em teatro do estado de Mato Grosso tem se comprometido na feitura de um movimento teatral no estado.

Rafael Monteiro
Rafael Monteiro

Para os atores Venicio Bulhões e Maicon D Paula (Cia Vostraz), essa temporada de teatro na cidade de Várzea Grande representa um feito histórico. Nunca até então, fora oferecido um espetáculo de tão grandiosidade a um publico tão carente e merecedor do produto cultural.
Estrela Maria apresenta os dois já maduros atores Venicio Bulhoes (Joaquim) e Maicon D Paula (Juca) em uma trama envolvente. No universo das coisas miúdas Joaquim e Juca se tornam invenção do equívoco das coincidências. Por alguns instantes sozinhos, sem serem notados observam tudo com os olhos cheios de espanto e curiosidade. Estão de passagem. Estrela Maria é instante, como um vento atravessado que cria sentido momentâneo.
Foram cinco meses entre pesquisa, estudo, oficinas, criação, confecção, dramaturgia.

Rafael Monteiro
Rafael Monteiro

Por consequência o resultado desse intenso trabalho foi apresentado historicamente na cidade onde nasce a Cia Vostraz de teatro, nessa temporada que marca o inicio da vida desse promissor espetáculo de teatro contemporâneo que apresenta a estética teatral oriunda dos jovens atores criadores.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑